Sonhar para além da dor

by - outubro 11, 2015

Eu sei que tenho andado desaparecida, mas devido  aos tratamentos tenho estado muito em baixo. Depois de todos aqueles exames a médica está desconfiada que devo ter espondilartrite, e por isso mesmo comecei a fazer uma nova medicação, fisioterapia  e hidroterapia.
Um dos medicamentos é muito forte e como o meu corpo adora ser do contra, decidiu rejeita-lo... o medicamento  pode provocar alguma má deposição e tonturas durante vinte e quatro horas, e por isso eu tomava-o ao sábado, mas como este meu organismo gosta de fazer birra decidiu rejeita-lo, fazendo com que vomitasse de sábado à sábado, me sentisse zonza e agoniada e todos aqueles sintomas SUPER agradáveis. A médica disse para experimentar tomar um comprimido para os vómitos, antes de tomar cada um dos quatro comprimidos,mas nem assim. O resultado era sempre o mesmo, vómitos e mais vómitos... Eu tentava ir a escola, mas nem isso conseguia porque ao fim de meia hora já estava a vomitar e a voltar para casa.

  
A juntar a isto temos os tratamentos, uma parte essencial de todo este processo. Dentro de água, na hidroterapia sinto-me bem o problema é quando saio de dentro da piscina e na fisioterapia ainda não  comecei a fazer exercícios e já saio de lá cheia de dores. Mas tudo isto faz parte. Todas estas  dores devem-se também ao facto de estes músculos e articulações não se mexerem a muito tempo e por isso estão enferrujados.
Entre por a matéria toda em dia e os tratamentos o tempo é pouco e por isso tenho andado tão desaparecida, mas prometo que ando a tentar dedicar mais tempo a preparar post para vocês. Agora vou escrever mais umas coisinhas para vocês, ate já!

                                                                               A força as vezes é pouca, mas desistir NUNCA!


Madalena Castanheira

You May Also Like

0 comentários

Instagram