A Casa ao Lado

by - dezembro 22, 2017

Sinopse
“ (…) A felicidade é momentânea, assim como a vida o é. Aprendi, desde cedo, que a vida é apenas um aglomerado de momentos em que nos perdemos e encontramos, momentos esses que, por vezes, desperdiçamos por acharmos que temos todo o tempo do mundo.”
Após um acontecimento familiar de grande importância, Marta, uma adolescente de dezassete anos, é obrigada a abandonar as suas “raízes”. Ao mudar de residência e, consequentemente, de escola, sente necessidade de criar novas amizades, enfrentando divergências que a colocarão à prova. Mas isso é o menos… À medida que os dias vão passando, depara-se com algo sinistro na casa do lado! Uma luz que pisca sem parar… E aquele rapaz alvo, peculiarmente belo que está sempre a desaparecer… Será que estará a alucinar?
“ (…) Porque ela não olhava para ele, ela via-o. E, no seu mais íntimo, sabia que ele escondia algo."Este livro poderia ser apenas o relato da vida de uma adolescente banal, mas Marta não tem nada de banal! Esta história é muito mais que isso… É uma lição de amor verdadeiro, amizade e perseverança, que vai arrebatar o coração do leitor até à última página, de uma maneira surpreendente e inesperada.
Este livro relata uma bela e incomum historia de um primeiro amor, vivido por Marta e o misterioso rapaz da casa ao lado. A mudança de casa desta adolescente, acaba por se tornar numa gigante mudança na sua vida, trazendo consigo um grande amor.  É verdade que poderia falar do rapaz, de como se conheceram, de como se apaixonaram, de muita coisa, mas isso iria estragar a vossa leitura, porque a beleza deste livro esta em descobrir qual é o grande mistério deste rapaz, e qualquer indicação que eu de ira estragar a vossa leitura. 
É um livro comovente,  cativante e que nos faz olhar de outra maneira para a vida e para a forma como a encaramos, fazendo-nos refletir sobre a nossa atitude, os nossos comportamentos e escolhas, faz-nos perceber o quão curta pode ser e que mesmo assim desperdiçamos  tanto tempo com coisas sem importância, em vez e pensarmos em nos e procurarmos a felicidade todos os dias. 
O que posso garantir é que aconselho sem qualquer duvida este livro, principalmente aos fás de historias comoventes e que podiam ser reais, porque na vida nem sempre existem finais felizes, mas o que mais importa, tal como este livro nos ensina, é aproveitar plenamente enquanto dura a nossa grande aventura que é viver. 

You May Also Like

0 comentários